Excesso de Prolactina: o que causa e como tratar?

A prolactina é um hormônio que, como o nome sugere, estimula a produção do leite materno. Pode parecer óbvio supor que esse é um hormônio feminino, mas curiosamente ele é produzido por ambos os sexos. Este hormônio é extremamente importante, já que durante a gravidez e no puerpério os níveis se elevam no corpo da mulher, estimulando o desenvolvimento das mamas e a produção do leite materno. Além disso, a prolactina tem um papel relevante no sistema gonadal, visto que, quando liberado em excesso, pode exercer um efeito inibitório na produção de hormônios sexuais (estrógeno, na mulher, e testosterona, no homem).

excesso de prolactina

Desta forma, o excesso de prolactina no sangue, chamado de hiperprolactinemia, é uma disfunção que pode trazer prejuízos tanto para a saúde de mulheres quanto de homens. Portanto, fique atento aos principais sintomas da hiperprolactinemia:

- Amenorreia/oligomenorreia (ausência/diminuição do fluxo menstrual) nas mulheres; - Galactorreia, que é secreção anormal de leite em mulheres fora do período da lactação e nos homens; - Infertilidade; - Perda da libido (desejo sexual); - Impotência sexual nos homens; - Osteoporose. Quando falamos em tratamento para hiperprolactinemia, o mais importante é saber a causa para o excesso de prolactina. Para exemplificar, além das causas fisiológicas ( como a gestação, lactação, estímulo mamário e estresse), existem causas medicamentosas (como as drogas antipsicóticas e antidepressivas), e causas patológicas (doenças diversas). Dentre as causas patológicas mais frequentes, podemos citar o hipotireoidismo, a insuficiência do rim e fígado, lesões traumáticas na região torácica, e a mais comum delas, os tumores hipofisários produtores de prolactina, chamados de prolactinomas. Por isso, todos os casos de hiperprolactinemia devem ser investigados por um endocrinologista, para que o diagnóstico seja feito precocemente e o tratamento conduzido de forma correta. Procure uma de nossas endocrinologistas, Dra Fabrícia Torres e Dra Maria Regina Gasparin, para garantir o melhor cuidado com a sua saúde!

- Fonte: Diagnosis and Treatment of Hyperprolactinemia: An Endocrine Society Clinical Practice Guideline. The Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism, Volume 96, Issue 2, 1 February 2011, Pages 273–288, https://doi.org/10.1210/jc.2010-1692

#endocrinologia #hormônio #mulher #prolactina

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square